05 agosto 2014

Lendas Amazônicas

Por 
ALINE DE MELO BRANDÃO
Médica e escritora
Belém - PA
alinefmb@yahoo.com.br








LENDAS AMAZÔNICAS

Esta é a lenda contada
de um amuleto da sorte,
lenda de mata fechada
da Amazônia, bem ao norte.

Dizem que há muitos anos
os deuses urdiam planos
nas fontes do Nhamundá,
lago Yaci - Oaruá
lago que espelha a lua
onde ela nada e flutua
sua face prateada
naquela água encantada.

Lá se banhavam, faceiras,
Amazonas, índias belas,
jovens valentes, guerreiras,
plumas azuis e amarelas.

Mergulhavam pra buscar
das profundezas do rio
um antigo talismã,
amuleto arredondado
bem pequeno, esverdeado,
chamado muyraquitã
que doavam aos guerreiros
Guaçarís, belos e fortes,
seus vigorosos parceiros,
para aumentar suas sortes,
ajudá-los na floresta,
mãe do verde e encantarias,
onde Uyara dorme a sesta
e o Curupira vigia.

Seu Menino, a Cobra-D´Água
naquele lugar nascera,
Uirapurú canta a mágoa
no (en) canto que acontecera.

Dizem, sem tirar - nem pôr,
que boto conquistador
em noite de lua cheia
com as virgens, faz amor,

deixando na gravidez
dessas meninas - donzelas
uma saudade sem vez
pra sempre a morar com elas.





















 Imagem: http://joseronaldodiascampos.blogspot.com.br/
____________________________
BAIXE A REVISTA COMPLETA EM PDF
_________________________________

Nenhum comentário:

DIA DO PROFESSOR

Dia dos Professores No dia 15 de outubro, comemora-se em todo o Brasil o Dia do Professor. Nessa ocasião, costuma-se fazer homenagens e...