27 março 2015

Tempo

Por 
BÁRBARA PEREZ
Enfermeira, Escritora, Poeta
Marataízes - ES
nursebarbaraperez44@hotmail.com








TEMPO

No branco da neve
a areia branca
no preto dos meus olhos
o azul da cor dos seus
na prata do pescoço
reflexo da lua.
No verde das ogivas
é a natureza
são cores 
são flores
não é só tristeza.
No brilho do alfinete
lança e punhal
no amarelo das unhas
uma margarida,
na cinza da brasa
o cigarro aceso
são dores
são odores
não é só tristeza.
No cinza do tempo
uma manhã na cidade
transparente
como fino plástico
e pingo de chuva
a violeta (re) bordada
azul anil
olhos secos
de incerteza
são fragmentos
são pudores.
não é só tristeza...
É a poesia persistente na vida!





















______________________________

Nenhum comentário:

O PLANETA DOS MACRÓBIOS

Por Francisco José Soares Torres Médico - Crateús - CE centromedicodecrateus@gmail.com "Para consolo ger...